Campânula em acrílico

PÍXEIS

Atualmente já não é passível de discussão que os objetos de utilização única são um problema gravíssimo com o qual ainda não conseguimos lidar. A reciclagem e a reutilização tentam dar resposta, mas infelizmente, pela natureza dos materiais utilizados na confeção destes produtos, as respostas são ainda insuficientes para resolver o problema.

Nesta série, Bordalo II utiliza alguns desses objetos que tão bem conhecemos: pneus, beatas, máscaras de proteção, latas, garrafas de plástico. Assim enumerados, representam apenas uma classe de “coisas”, mas apresentados em repetição num todo organizado tornam-se uma parte fundamental desse todo, tornam-se um pixel dessa imagem.

Quando nos aproximamos distinguimos com facilidade cada elemento que está diante dos nossos olhos, mas se nos afastarmos, pela repetição exaustiva e organizada desse elemento, surge algo de novo.

Cada peça aborda uma problemática ambiental diferente, quer pelo material a que recorre, quer pela imagem que forma.

 

Máscaras / Monkey Smile

Durante a pandemia e até há bem pouco tempo, vimos ser introduzidos nas nossa vidas e rotinas objetos descartáveis que fomos obrigados a utilizar diariamente – máscaras, testes rápidos, luvas proteção, entre outros.

A utilização massiva destes objetos teve e tem naturalmente consequências negativas graves para o ambiente, quer pela sua produção acelerada quer pela falta de soluções para a sua recolha e tratamento. As máscaras foram uma solução, mas nunca deixaram de ser também um novo problema ambiental.

Por outro lado, numa realidade em que todos usávamos máscaras, perderam-se as expressões faciais, o acesso mais imediato às emoções dos outros. Os locais públicos deixaram de ter o público e as ruas pareciam não ter propósito.

As mesmas ruas em que agora, com o regresso das pessoas encontramos imensas máscaras abandonadas e espalhadas um pouco por todo o lado, como uma memória latente de um período negro.

Esta peça utiliza exatamente essas máscaras usadas e descartadas que começam a fazer parte de qualquer paisagem urbana ou rural. Depois de recolhidas – em passeios, jardins, descampados, à beira das estradas – foram desinfetadas, sobrepostas e organizadas de modo a mostrar aquilo que escondem a todos os que as utilizam – um sorriso.

Campânula em acrílico

ClienteBordalo II

CategoriaTrabalhos em acrílico

Campânula em acrílico cristal de 8mm com 3000x200x3020mm + aro na costa

Peça em exposição no Edu Hub, na zona dos Olivais até 11 de dezembro

Exposição “Evilution”

0

 

Partilhar: